Rua Joaquim Carneiro, 120 - Ed. Deschamps Office - Sala 302
Capoeiras - Florianópolis/SC - CEP: 88085-120
  • (48) 3240-9372
  • (48) 99113-9372

Coronavírus: Diretora executiva da Unicef dá 5 dicas para facilitar o isolamento social

“Lembre-se que muitas coisas não foram canceladas, como ouvir música, a família, ler, cantar, dar risada e ter esperança. Certifique-se de que você está aproveitando tudo isso”

Henrietta H. Fore, diretora executiva da Unicef, usou as redes sociais para compartilhar dicas de saúde mental e bem-estar que podem diminuir as sensações de estresse, solidão e ansiedade durante a crise do coronavírus.

O “plano de bem-estar” foi elaborado em um encontro virtual entre Fore e outros profissionais da organização e pode para ser implementado tanto em famílias quanto em equipes de trabalho. Confira:

1- Siga sua rotina ou crie uma nova
Acorde e vá dormir em horários definidos; pratique exercícios; não passe o dia de pijama, se troque, arrume seu cabelo; lave a louça.

Caso você tenha crianças em casa, faça o mesmo com eles, envolva-os no plano de bem-estar.

2- Mantenha contato
Faça chamadas de vídeo com seus amigos e familiares. Abra o canal para que todos possam compartilhar o que estão sentindo, como está sendo o período para vocês.

Não se esqueça dos colegas de trabalho, mas sem falar apenas de trabalho. Converse principalmente com aqueles que moram sozinhos.

3- Envolva-se em atividades de que você gosta
Não esqueça seus hobbies e esteja aberto para encontrar novas atividades que te interessam.

Karaokê, ler, cozinhar, montar quebra-cabeças e costurar são alguns exemplos de atividades que podem ser prazerosas para você.

4- Crie uma forma de se libertar de preocupações e pensamentos ruins
Uma sugestão é escrever o que você está sentindo. Medo, insegurança, incerteza e solidão são sentimentos que fazem parte de nós, então não os negue.

Dedique uma pequena parte do dia para dar ouvidos a esse pensamentos.

5- Pratique atividades específicas de bem-estar
Você pode baixar aplicativos de meditação ou exercitar-se. Outra ideia é manter o chamado diário de gratidão: um caderno dedicado a agradecimentos diários. Nele as pessoas escrevem coisas que possuem ou situações cotidianas que viveram pelas quais são gratas - Henrietta sugere selecionar três por dia.

É um jeito de se lembrar das pequenas e boas coisas que nos rodeiam, apesar do momento difícil.

Parabenize outras pessoas e você mesmo por ter tido um grande dia.

“Lembre que muitas coisas não foram canceladas, como ouvir música, a família, ler, cantar, dar risada e ter esperança. Certifique-se que você está aproveitando tudo isso”, completa Fore.